Arcor Mais

Curiosidades

Como Fazer uma Festa Infantil | Arcor

Como fazer uma festa infantil inesquecível sem muito trabalho

 

Uma festa infantil (seja de aniversário ou outra ocasião) é um momento muito importante para as crianças. Nessas ocasiões, elas se divertem, brincam com os amigos, saboreiam guloseimas e aproveitam de montão. Já para os pais, a festa pode significar bastante empenho - e até mesmo dificuldade - na organização. Se você está pensando em celebrar o próximo aniversário do seu filho de uma forma especial, então confira as nossas dicas sobre como fazer uma festa infantil divertida com muita praticidade e facilidade!

 

Muita organização é igual a pouco estresse

É bastante comum que, ao bater o martelo na ideia de “vamos fazer uma festa de aniversário!”, tanto crianças quanto os pais fiquem ansiosos para a data. Nos pequenos, isso tem o efeito de deixá-los nervosos para o grande dia e com a cabeça cheia de várias brincadeiras e amigos para convidar; já nos pais, essa ansiedade pode atrapalhar a organização da festa.

Por isso, é muito importante manter os pés no chão, não ficar extremamente empolgado e evitar cair na tentação de comprar inúmeros itens, convidar várias pessoas, pensar em diversas receitas, sem antes planejar a festa em si. Confira algumas dicas!

 

      - Nada pior do que convidar pessoas demais para um espaço pequeno - e, em contrapartida, também não tem sentido reservar um grande salão para receber apenas os familiares e amigos mais próximos. Por isso, procure separar a lista de convidados com antecedência para, assim, já ter uma ideia do local da festa (e do tamanho necessário dele), além da quantidade de itens que você precisará comprar (desde ingredientes e guloseimas, até lembrancinhas).

 

     - Depois desse primeiro passo, você já pode calcular a quantidade de delícias que a festa terá. Uma dica para definir o tamanho do bolo é estabelecer uma média de 70 g por pessoa. Por exemplo, para 50 convidados, ele deve ter cerca de 3,5 kg. Já com relação a docinhos e salgadinhos, imagine que cada convidado vai saborear seis de cada. Sobre as bebidas (água, suco ou refrigerante), considere aproximadamente 500 mL por convidado.

 

     - Local definido, quantidade de comida estabelecida, agora é a hora de escolher o tema da festa. Aqui, é fundamental que essa decisão seja tomada em conjunto com a criança - afinal, a festa é para ela! Isso é importante porque assim seu filho pode se expressar e opinar sobre a celebração, garantindo que ela represente a sua personalidade e seus gostos. Se a criança for pequena demais, opte por temas mais neutros, como bichinhos, palhaços, formas geométricas, etc.

 

 

Dicas para a decoração da festa infantil

Com as informações definidas no planejamento prévio, fica mais fácil focar na decoração do evento - ao invés de tentar decorar, definir os convidados, pensar nas quantidades, escolher temas etc., tudo ao mesmo tempo. Abaixo, você confere aqueles itens essenciais para uma festa infantil divertida, bonita e (melhor ainda para os pais) fácil de organizar.

 

     - Algumas coisas não podem faltar: balões, faixas decorativas e enfeites de parede, por exemplo, são formas simples, mas bastante efetivas de deixar o ambiente com um visual diferente.

 

     - Você mesmo pode fazer alguns itens de decoração. Uma dica são as grinaldas em zig zag para decorar a parede, que podem ser feitas apenas com papéis de seda coloridos e tesoura. Basta fazer tiras verticais de 10cm de largura com o papel de seda, depois fazer cortes laterais a cada 3 ou 4cm até quase chegar ao outro lado da tira e, então, do lado contrário fazer cortes entre os que já foram feitos. Então é só abrir a grinalda e decorar.

 

     - Até mesmo itens simples podem dar muito charme à decoração. Por exemplo, uma bola de papel decorativa, feita apenas com cartolina, tesoura, grampeador e barbante. O passo a passo é simples: corte cinco tiras de cartolinas (quanto maiores as tiras, mair será a bola), junte as tiras para formar um asterisco (somente as pontas se tocam) e grampeie, então una as tiras pelas outras pontas, grampeie e, com o mesmo grampo, prenda o barbante no papel. Por fim, é só pendurar a bola no teto pelo barbante.

 

     - E, claro, não esqueça de adaptá-los para o tema que foi escolhido e de usar a sua criatividade. Comprar itens prontos dessa temática (chapéus, pratos e talheres de plástico, entre outros) também é uma opção prática e eficiente.

 

     - As paredes e os outros ambientes da festa dão o tom da diversão, mas é inegável que a mesa do bolo (e o bolo em si, claro) e a atração principal da celebração. Você pode fazer um bolo caseiro decorado com granulados coloridos, por exemplo, ou comprá-lo em uma confeitaria especial - muitas vezes com a mesma decoração da temática da festa. Para completar, não se esqueça de caprichar também na decoração da mesa de guloseimas.

 

     - Para garantir que a festa seja tão deliciosa quanto bem decorada e divertida, aposte em uma variedade de guloseimas: Balas Poosh!, pirulito Big Big, Plutonita, chicles Big Big, balas Big Big, pirulito Plutonita, Pirulito 7 Belo, balas Kid’s, balas 7 Belo, balas 7 Belo de Gelatina, Tortuguita e Rocklets são perfeitos para isso! Além de muito saborosos, também possuem embalagens e formatos irreverentes e animados, complementando assim a decoração - e até mesmo servindo como lembrancinhas, pois as crianças adoram levar guloseimas para casa.

 

O que (e quanto) preparar:

 

Agora que você já sabe como como organizar e decorar a festa infantil do seu filho de um jeito eficiente e bonito, é preciso ter atenção com outro aspecto essencial da ocasião: a comida! Uma das principais dúvidas é justamente se vale mais a pena preparar as guloseimas em casa ou, então, comprá-las em uma confeitaria, por exemplo.

 

Ambas as opções contam com vantagens e desvantagens dependendo de como você imaginou a festa. O ideal é buscar o máximo de custo-benefício levando em consideração o seu investimento - tanto de tempo, quanto de dinheiro.

 

Nessa hora, aquele planejamento inicial também é muito útil: se você pretende investir um pouco mais de tempo na organização e não se importa em preparar as comidinhas, então provavelmente o melhor é optar por fazer os salgadinhos e docinhos em casa. Apesar de mais trabalhosa, essa escolha geralmente traz mais diversidade no que será servido - afinal, só depende de você.

 

Já se a sua ideia é algo mais prático e fácil, vale a pena comprar salgadinhos e docinhos prontos. No entanto, o lado ruim dessa opção é que, muitas vezes, isso significa pouca variedade de guloseimas.

 

A boa notícia é que para ambos os casos você pode contar com receitas deliciosas, práticas e ainda por cima cheias de estilo. Você pode apostar na Tortuguita no Palito, no Copinho Charmoso de Mousse de Chocolate e no Milk-shake de Danix que, além de agradarem a criançada (e os adultos também!) com o seu sabor, deixarão a mesa colorida e cheia de irreverência!

 

Brincadeira em festa de criança é muito bom!

Local escolhido, lista de convidados feita, decoração do ambiente definida, comidas deliciosas preparadas (ou compradas)… tudo pronto, certo? Não! Está faltando algo muito importante: as brincadeiras. Você pode optar por contratar um serviço de animação de festas infantis - com brinquedos e monitores, por exemplo - ou, então, organizar você mesmo as atividades.

 

Essa escolha tem relação com o tamanho disponível do ambiente - e, claro, com o quanto você pretende investir na festa. Para contratar brinquedos infláveis, por exemplo, a celebração precisa ser feita em um espaço amplo; já uma simples brincadeira de pega-pega pode ser feita no quintal de casa ou salão de festas do prédio. O fundamental é ter um espaço ou momento(s) em que os pequenos possam gastar energia, se divertir, socializar e aproveitar a festa infantil ao máximo.

COMENTÁRIOS