Arcor Mais

Curiosidades

Dia dos Namorados: dicas de presentes deliciosos

O amor está no ar! Em junho, comemora-se o Dia dos Namorados, e é por isso mesmo que ele também é lembrado como o mês dos apaixonados. Para ajudar os amantes a demonstrarem todo o seu afeto de um jeito muito romântico e delicioso, confira nossas as  dicas de doces e chocolates para o Dia dos Namorados!

 

Dica de presente romântico: doces para o Dia dos Namorados

 

Chocolates e doces são irresistíveis, deixam o dia mais mágico e vão bem em qualquer hora - assim como um carinho daquela pessoa amada! Por isso, são presentes românticos e saborosos para o Dia dos Namorados, além de uma escolha certeira.

Para garantir que você vai acertar no presente de sua cara metade, dê comidas e doces para Dia dos Namorados: nada melhor do que incluir algumas das guloseimas favoritas do seu amor. Entre elas, a gente indica Biscoitos Passion, Tabletes Arcor, Caixas Sortidas Bon o Bon, Butter Toffees e, é claro, Paçoca Amor, que tem tudo a ver com a data!

 

Doces para o Dia dos Namorados:

 

Além desses presentes cheios de sabor, também é romântico, claro, uni-los com outras lembrancinhas, como bichinho de pelúcia, caneca personalizada, flores, porta retrato romântico ou ainda um vinho sofisticado para curtir a dois.

E que tal combinar esses presentes infalíveis em uma cesta para o Dia dos Namorados feita por você para surpreender o seu amor? Afinal, nada diz “eu te amo” melhor do que um sincero e apaixonado gesto de carinho. Se você quer aprender como montar uma e deixar essa data ainda mais romântica e doce, confira as nossas dicas. A gente garante que é superfácil de fazer!

 

Como montar uma cesta para o Dia dos Namorados

 

Para montar a cesta, você vai precisar:

- Escolher uma cesta: pode ser de vime, MDF ou até mesmo uma caixinha bonita e delicada. O que importa é que ela tenha uma base firme e seja fácil de decorar.

- Papéis e fitas para decorar a cesta: de preferência, escolha papéis finos e que sejam fáceis de manusear, como crepom e celofane. As fitas podem (e até devem) ser de todos os tamanhos. Com relação às cores, aposte na combinação entre vermelho e rosa para deixar a cesta bem romântica.

 

Montar uma cesta de Dia dos Namorados não tem mistério nenhum, olha só:

1. Comece limpando a cesta com um pano umedecido para tirar pó ou outras sujeiras. Caso ache necessário, é válido pintar a cesta com spray da cor que quiser.

2. Quando ela estiver limpa e seca, forre o fundo da cesta com papel crepom. Se quiser dar mais volume, vale incrementar o fundo com jornal, cobrindo-o em seguida com um papel mais bonito.

3. Com o fundo pronto, espalhe os chocolates para o Dia dos Namorados. A grande vantagem de utilizar os docinhos que indicamos é que, além de deliciosos, eles já vêm com embalagens decoradas e que deixam a cesta superbonita e colorida.

4. Caso queira adicionar uma lembrancinha extra, como um ursinho de pelúcia ou uma caneca romântica, lembre-se de dar destaque para esse presente.

5. Depois de espalhar os doces e as lembrancinhas, você pode embalar toda a cesta com papel celofane, finalizando com um pedaço de fita, ou simplesmente deixá-la com os mimos e presentes à mostra.

 

Algumas ideias de cesta de Dia dos Namorados:

 

Dicas extras para montar a cesta de Dia dos Namorados:

- Primeiro, forre todo o fundo com as balas Butter Toffees e os bombons sortidos Bon o Bon. Assim, a cesta vai ficar ainda mais deliciosa e decorada!

- Para encher o presente de romantismo, embale os Biscoitos Passion em sacos decorados e feche-os com fitas e laços delicados.

- A embalagem da Paçoca Amor já é naturalmente romântica e por isso você nem precisa mudá-la! Aliás, sua caixinha é tão bonita e apaixonante que merece um lugar de destaque na cesta de Dia dos Namorados!

 

Você sabe como surgiu o Dia dos Namorados?

 

Agora que você já sabe como montar um presente apaixonante que tal conhecer a origem do Dia dos Namorados no mundo e aqui pelo Brasil?

Tudo começou na antiga Roma quando um imperador chamado Cláudio II proibiu os casamentos. Porém, um bispo católico chamado Valentim, devoto ao amor, continuou celebrando casamentos em segredo. Muitos jovens apaixonados bateram à sua porta para consagrar suas uniões, até que um dia Valentim foi preso e condenado à morte. Ele foi executado em 14 de fevereiro - daí a origem do Dia dos Namorados celebrado na maior parte do mundo.

Aqui no Brasil a história é um pouquinho diferente. A tradição de celebrar o amor se mostrou tão carinhosa lá fora que decidiu-se adotar a ideia por aqui também - só que em homenagem a Santo Antônio, o santo casamenteiro. Por isso, ao invés de comemorarmos a data em 14 de fevereiro, o Dia dos Namorados aqui é em 12 de Junho (um dia antes da celebração de Santo Antônio).

COMENTÁRIOS