A tendência do amargo com um toque de laranja

13/07/2018

 

O novo tablete da Arcor se diferencia por conter pedações da fruta
 
São Paulo, julho de 2018 – O chocolate amargo vem conquistando o paladar dos brasileiros cada vez mais. Nesse cenário, a Arcor do Brasil, uma das líderes nas categorias de Chocolates, Guloseimas e Biscoitos do país, expande o portfólio de tabletes e inova com o lançamento do Amargo 53% com pedaços de Laranja.
 
Inspirado na combinação única do chocolate amargo com a fruta natural, a novidade se destaca, entre outros atributos, pelo alto teor de cacau e pedaços de laranja. O resultado permite uma harmonização de sabor, que explora os sentidos e desperta a sensação de bem-estar.
 
O lançamento faz parte da estratégia da fabricante de ampliar sua participação no segmento, assim como conquistar os paladares mais exigentes. “Com o Amargo 53% com Laranja reforçamos a participação da Arcor no segmento de tabletes frutados. O produto promete agradar os consumidores que buscam por uma experiência de consumo diferenciada, principalmente pelo sabor intenso que as nuances da laranja proporcionam. É um conceito de produto cada vez mais apreciado pelo consumidor”, explica Anderson Freire, gerente de chocolates, guloseimas e biscoitos.
 
O tablete de 100g já está disponível nos principais pontos de venda em todo território nacional com preço sugerido de R$ 5,99.
 
Detentora de marcas ícones como Tortuguita, Butter Toffees, 7Belo, Poosh, Triunfo, Aymoré, entre outras, a Arcor, multinacional argentina, atua há 35 anos em todo o território brasileiro alimentando momentos mágicos. Fabricante de chocolates, biscoitos e guloseimas, a empresa possui 5 plantas industriais no país e forma uma rede com mais de 4 mil colaboradores. Por ano, no Brasil, fabrica mais de 170 mil toneladas de produtos. Presença global: possui 39 fábricas, 20 mil colaboradores e fornece produtos para mais de 120 países. Responsabilidade social: mantém o Instituto Arcor, iniciativa que coopera há mais de 10 anos com o desenvolvimento da educação infantil no Brasil. Neste período, já apoiou 340 projetos e beneficiou 2 milhões de crianças e adolescentes. Apoia o Programa Escola em Movimento, que atua na Argentina, Brasil e Chile proporcionando formação para o professor e promovendo educação e cultura para mais de 600 mil crianças.