Projeto Teia tem capacitação em prevenção e enfrentamento de maus-tratos na infância

28/03/2016

A prevenção à violência sexual contra crianças e adolescentes, um dos mais importantes desafios éticos para a sociedade brasileira, foi assumida com força pelo Projeto Teia, que reúne várias organizações sociais e serviços públicos de Bragança Paulista (SP). Uma capacitação nessa linha acaba de acontecer, com apoio do Instituto Arcor Brasil, que dá suporte ao Projeto Teia como parte do Fundo Comunidade em Rede.

Representantes dos parceiros do Projeto Teia, que na prática já funciona como uma rede intersetorial, participaram de uma formação realizada entre os dias 16 e 18 de março, no Núcleo de Apoio ao Professor e ao Aluno (NAPA), em Bragança Paulista.

Rede Claves - A capacitação em Prevenção à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes e Promoção de Bons Tratos foi implementada pela Rede Claves, que utilizou a metodologia intitulada "Brincando nos fortalecemos para enfrentar situações difíceis".

Originada no Uruguai, a Rede Claves envolve atualmente no Brasil oito organizações, inclusive a Fundação Comunidade da Graça, proponente do Projeto Teia. A metodologia aplicada pela Rede Claves, nas formações de prevenção e enfrentamento de maus-tratos, envolve canções, danças, jogos, brincadeiras e um farto material visual.

A ênfase da Rede é em uma abordagem integral de proteção que "leva em conta as causas e os efeitos, as dimensões individual e estrutural, os componentes corporais, psicológicos e espirituais, a necessidade de corrigir os danos produzidos, e as demandas de um trabalho nos âmbitos educacional e social".

Trata-se, portanto, de uma abordagem que necessita de ação intersetorial, justamente a perspectiva do Projeto Teia, em Bragança Paulista. "Estamos buscando o empoderamento da rede, para que as famílias e toda a comunidade saibam atuar na prevenção e combate à violência, com apoio dos serviços públicos à disposição", afirmou Mirian Cristina Silva, coordenadora do Projeto Teia, explicando o amplo envolvimento dos parceiros na capacitação.

O Projeto Teia - Ações comunitárias articuladas tem a Fundação Comunidade da Graça como proponente e como parceiros a Secretaria Municipal de Educação, APM da Escola Municipal "Prof.Orlando Pinto de Oliveira", Secretaria de Ação e Desenvolvimento Social (Semads), CRAS Santa Libânia, CRAS Águas Claras, CRAS Planejada e CRAS Julio de Mesquita, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - PETI e Posto de Saúde da Família Cidade Jardim.

Representantes desses parceiros participaram, então, das reflexões, dinâmicas de grupo e outras atividades, promovidas ao longo dos três dias de programação no NAPA. As atividades foram coordenadas por duas consultoras da Rede Claves, Denise Maranhão, que atua na região do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais, e Maria do Livramento, da Fundação Comunidade da Graça.

"Foi muito interessante essa formação, ela nos mostrou que é possível atuar na prevenção da violência contra crianças e adolescentes", comentou Railda Souza Santos, agente no Posto da Estratégia de Saúde da Família Cidade Jardim.

Mas as formações para os membros do Projeto Teia continuarão. A próxima acontecerá em maio.

O Projeto Teia é um dos dois apoiados em Bragança Paulista pelo Instituto Arcor Brasil, no âmbito do Fundo Comunidade em Rede. O Fundo tem o objetivo de fortalecer as organizações de base parceiras e contribuir para a construção de projetos territoriais coletivos. A iniciativa é fruto de parceria entre a Inter American Foundation (IAF), dos Estados Unidos, e seis membros do Bloco Brasil da RedEAmérica, inclusive o Instituto Arcor Brasil, que é gestor financeiro do Fundo. No total são onze projetos apoiados, em quatro estados, no período 2014-2016.

Além do Projeto Teia, o Instituto Arcor Brasil apoia em Bragança Paulista o Projeto Fala Comunidade e, em Ubatuba, o Projeto Maré Alta.

Sobre o Instituto Arcor Brasil

O Instituto Arcor Brasil foi criado em 2004 e tem como missão contribuir para que crianças e adolescentes tenham igualdade de oportunidades por meio da educação. O Instituto atua preferencialmente nas regiões onde a Arcor do Brasil tem suas fábricas, no interior de São Paulo e regiões metropolitanas de Belo Horizonte (MG) e Recife (PE), relacionando-se com as comunidades locais. Já são mais de 330 projetos apoiados pelo Instituto nesses nove anos pela Educação. O Instituto possui quatro linhas de ação: apoio a projetos e organizações, geração e divulgação de conhecimentos, defesa de direitos e relações com a comunidade.

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA

Empresa: Arcor

Site: www.arcor.com.br

Twitter: @arcordobrasil - Facebook: www.facebook.com/ArcorDoBrasil

Trama Comunicação - (11) 3388-3040 - www.tramaweb.com.br - Twitter: @trama

Atendimento à imprensa

Atendimento: Natasha Bin - natasha@tramaweb.com.br (11) 3388-3049

Diretora: Sandra Bonani - sandra@tramaweb.com.br - (11) 3388-3064